Calendário do Adulto e do Idoso

Engana-se quem acha que apenas crianças devem estar vacinadas contra certos tipos de doenças. Em todas as fases de nossa vida, estamos suscetíveis a infecções por vírus e bactérias que, se não tratadas, podem causar muitos problemas. Algumas delas como, por exemplo, a pneumonia e a gripe (Influenza) acometem frequentemente adultos e idosos, aumentando o índice de mortalidade principalmente em pessoas com mais de 60 anos. Fique atento ao calendário de vacinação para este grupo e previna-se.

Calendário do adulto (acima de 19 anos) e do idoso (acima de 60 anos).

mais info

Adulto sem história de Varicela
  • Varicela
    • Comentários

      Duas doses, com intervalo de dois meses.

Idosos acima de 60 anos
  • Pneumocócica 23v
    • Comentários

      Dose única. Reforço cinco anos após a 1a dose. Indicada para pessoas com doenças crônicas (cardiopatias, pneumopatias, diabetes, entre outras).

Mulheres entre 16 e 29 anos
  • HPV
    • Comentários

      Necessárias três doses, o intervalo entre as doses depende do laboratório produtor.

Qualquer Idade
  • Febre Amarela
    • Comentários

      Uma dose a cada dez anos. Recomenda-se vacinar dez dias antes da viagem. Indicada para pessoas que se deslocam para áreas endêmicas (territórios nacional ou internacional). Os imunodeprimidos e as gestantes devem ser avaliados caso os riscos de adquirir a doença superem os riscos potenciais da vacina.

  • Hepatite A
    • Comentários

      Duas doses: a 2º dose seis meses após a 1º dose.

  • Hepatite A+B
    • Comentários

      Três doses: a 2º dose um mês após a 1º e a 3º dose seis meses após a 1º dose.

  • Hepatite B
    • Comentários

      Três doses: a 2º dose um mês após a 1º e a 3º dose seis meses após a 1a dose.

  • Influenza (gripe)
    • Comentários

      Dose anual.

  • Meningocócica C Conjugada
    • Comentários

      Dose única.

  • Tríplice Bacteriana
    • Comentários

      Difteria, Tétano e Coqueluche Acelular (dTpa-R) ou Dupla Bacteriana do tipo Adulto (Difteria e Tétano -dT)

      Esquema básico completo (três doses):
      apenas uma dose de reforço com dTpa (acelular do tipo adulto) e uma dose a cada dez anos.
      Esquema incompleto ou desconhecido (com menos de três doses anteriores das vacinas dT, DTP ou DTPa): completar o esquema com as três doses, aplicando uma dose de dTpa (acelular do tipo adulto) e uma ou duas doses de dT (dupla bacteriana do tipo adulto).
      Não vacinado: três doses. A vacina dTpa está especificamente indicada para adultos que convivem ou cuidam de crianças menores de um ano e lactentes, devido a estes serem portadores da bactéria Bordetella pertusis.

  • Tríplice Viral SCR
    • Comentários

      Até 49 anos.

      (Sarampo, Caxumba e Rubéola)

      Uma ou duas doses, intervalo mínimo de quatro meses, para homens e mulheres de até 49 anos, conforme a história vacinal. Receber no mínimo duas doses na vida.
      Dose única para homens e mulheres com mais de 49 anos.

Notícias

Vacina contra HPV e a Redução de câncer
Desde 2011 a vacina para homens, que previne verru...

Artigos

Vacina contra HPV e a Redução de câncer
Desde 2011 a vacina para homens, que previne verru...
Perigo da febre tifóide não termina quando os sint...
Mesmo que os sintomas parecem ter sumido, você ain...
Saiba mais sobre a Febre Amarela
O Vírus da febre amarela, um flavivirus, é transmi...

Mitos e Fatos

Mito: A vacina contra o tétano é somente aplicada ...
Fato: Como a imunidade ao tétano diminui ao longo ...
Mito: Adulto não precisa tomar a vacina contra a M...
Fato: Como um adulto, você deverá receber a vacina...
Mito: O risco da cólera para a maioria dos viajant...
Fato: O quadro geral de incidência da cólera é de ...